Juíza autoriza Lula a ir a cremação de neto de 7 anos, Arthur, em São Paulo; PF não dá detalhes sobre a viagem com início em Curitiba

BR: A juíza Carolina Lebbos autorizou, por volta das 19h30, o ex-presidente Lula viajar a São Paulo para participar da cerimônia de cremação de seu neto, Arthur Lula da Silva, de sete anos, que morreu nesta sexta-feira 1 de meningite meningococica.

Abaixo, notícia anterior:

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva solicitou à Justiça nesta sexta-feira autorização para que o petista possa acompanhar o velório e o enterro do seu neto, Arthur, de 7 anos. O garoto morreu de meningite em um hospital de Santo André, no ABC paulista, nesta sexta-feira, como informou a coluna de Ancelmo Gois.

Nos bastidores, a notícia da morte do neto do ex-presidente sensibilizou a PF. Agentes acreditam que há viabilidade e tempo hábil. Dentro da PF em Curitiba, onde Lula está preso desde abril do ano passado, eles já tentam antecipar o planejamento para uma eventual viagem do petista a São Paulo.

Arthur deve ser cremado às 12h deste sábado no Cemitério das Colinas, em São Bernardo do Campo.

Arthur era o quinto dos seis netos do ex-presidente. Filho de Marlene Araujo Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva, filho do meio de Lula, o garoto nasceu em 2012, em São Paulo, quando o ex-presidente fazia um tratamento contra o câncer na laringe, um ano depois de deixar a Presidência da República.

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, disse que fará “de tudo” para que o ex-presidente consiga autorização da Justiça para ir ao enterro. Em nota, ela afirmou que “Lula tem o direito de compartilhar com seus familiares, o filho Sandro e a nora Marlene, o luto pela morte do pequeno Arthur”. As cerimônias ainda não foram marcadas. �)��䞒{