Vontade de Deltan “lucrar” com Lava-Jato piora clima contra ele no Conselho do MP

BR: As últimas revelações de diálogos entre o chefe da força-tarefa da operação Lava-Jato, Deltan Dallagnol, e procuradores, sobre abrir uma empresa parelela para “lucrar” com eventos e palestras, pioro o clima contra ele no Conselho Nacional do Ministério Público.

No final do mês passado, uma representação contra Dallagnol não foi acatada, mas em agosto o plenário vai julgar um recurso contra essa decisão. Acredita-se que dois votos que foram a favor viraram contra o procurador, que assim poderá será investigado pela cúpula de sua categoria.

Em baixa.