Venezuela foi assunto entre Bolsonaro e CIA; presidente diz que povo vizinho come “rato, cachorro e gato porque regime é socialista”

BR: O presidente Jair Bolsonaro participou de transmissão ao vivo, na noite de ontem, no perfil de seu filho Eduardo Bolsonaro, no Facebook, para fazer novas críticas ao governo de Nicolás Maduro. Ele revelou que o assunto Venezuela foi um dos temas tratados em sua visita fora da agenda à sede da CIA, a agência de espionagem dos EUA.

“Lá na CIA tivemos contato com o presidente bem como com funcionários do topo. Muita coisa foi conversada, entre elas a preocupação deles com a lavagem de dinheiro, com terrorismo, com a Venezuela e a situação geopolítica”, disse Bolsonaro.

“Neste momento, o povo está passando fome, comento rato, quando acha rato. Lá não tem cachorro nem gato mais. Comeram tudo, por causa do socialismo”, acrescentou o presidente brasileiro.