Vazamento de comando de Moro sobre Lava-Jato dá esperanças a Lula e pode anular no STF processos de ex-juiz: caso do tríplex do Guarujá pode ser o 1º a cair

BR: A blindagem existente no STF a favor do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, pode cair. É no que acreditam ministros da Corte ouvidos pelo colunista Tales Faria, do Uol. Acredita-se entre eles que as revelações feitas pelo site Intercept, de que Moro era, na prática, quem comandava a investigação da operação Lava-Jato e, ao mesmo tempo, fazia o julgamento dos réus, pode mudar a posição de magistrados que, até aqui, acatavam todas as decisões do ex-juiz. Ocorre que a Constituição brasileira impede um juiz de exercer esse duplo papel.

São apontados como passíveis de mudança de posição os ministros Celso de Mello, Rosa Weber e Cármen Lúcia.

O primeiro processo de Moro que correrá risco de anulação será exatamente o do tríplex do Guarujá, pelo qual o ex-presidente Lula foi condenado. Nos vazamentos, o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava-Jato, admite que não tinha segurança sobre as provas que ligavam a corrupção na Petrobras ao enriquecimento de Lula.