Vale tudo; Mendonça concorda até com casamento entre pessoas do mesmo sexo para obter vaga no STF; espinha dobrável

Nesta quarta-feira (01), o ex-AGU André Mendonça afirmou em sabatina na CCJ do Senado que defenderá o “direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo”.

Na série de perguntas dos congressistas, o ex-ministro da Justiça evitou criticar falas e decisões do presidente Jair Bolsonaro (PL), mas buscou distanciamento de posições adotadas pelo presidente.

Mendonça, que foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para uma vaga no STF, contrariou o mandatário homofóbico. Cabe ao Senado sabatinar o indicado e votar a indicação. Com informações do G1.

“Eu defenderei o direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo”, declarou Mendonça na sabatina.