Vale: condomínio de luxo não atingido vai receber indenização de mineradora

BR: Em sua conta no Twitter, a colunista Miriam Leitão, do jornal O Globo, informa que a Vale vai indenizar moradores de um condomínio de luxo, em Brumadinho, que não foi atingido pelo rompimento da barragem Córrego do Feijão. “O critério é geográfico”, justificou a companhia para o oferecimento de um salário mínimo por morador.

É certo que o condomínio Retiro das Pedras fica no município de Brumadinho, mas muito acima da barragem rompida.

A colunista lembra que, na prática, a mineradora costumeiramente acusada de “desamparar pessoas pobres atingidas pelas tragédias que provoca” estará sim beneficiando, sem necessidade, pessoas ricas.