Troca de comando na Abin mostra desconfiança de Bolsonaro em aparelhamento petista; sai funcionário de carreira, entra delegado da PF

BR: O presidente Jair Bolsonaro está desconfiado de que o que ele chama de aparelhamento petista na Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Esse foi o principal motivo para ele não ter escolhido ninguém dos quadros do órgão para ocupar a sua presidência. O nome escolhido por Bolsonaro foi o do delegado da PF Alexandre Ramagem, que está encarregado de olhar bem de perto para movimentos estranhos dentro da Abin.