Título brasileiro, aglomeração e multa de R$ 3 mil ao Atlético-MG; “Nesse valor ridículo, era melhor não ter multado”, comenta Kalil, prefeito de BH e ex-presidente do clube

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) notificou e multou o Atlético-MG pela realização da festa do título do campeonato brasileiro nesta quinta-feira (2).

De acordo com o município, o clube não pediu licenciamento do evento. O g1 Minas perguntou sobre o valor da multa. Em resposta, a prefeitura enviou comentário do prefeito, Alexandre Kalil (PSD):

“Multa de R$ 3 mil é ridículo. Era melhor não ter multado”.

g1 então questionou se haverá aplicação de outra multa ou aumento do valor pela administração de Kalil, e aguarda retorno.

LEIA TAMBÉM:

Três trios elétricos animaram a festa atleticana no centro de Belo Horizonte. Milhares de pessoas se reuniram na Praça Sete para acompanhar a chegada dos jogadores. O time venceu o Bahia por 3 a 2 e se tornou bicampeão brasileiro, após jejum de 50 anos.

Festa da torcida do Galo começou depois do jogo contra o Bahia e entrou pela madrugada

Várias pessoas se machucaram com bombas e fogos de artifício durante a festa.

O Atlético-MG foi procurado pelo g1, mas, até a conclusão da reportagem, não tinha se manifestado sobre a multa.