Assim como Jânio, Bolsonaro prepara sua renúncia?

BR: Só as próximas horas ou dias vão poder mostrar, com clareza, quais as intenções do presidente Jair Bolsonaro com a publicação de um texto de autor desconhecido que o coloca como um verdadeiro mártir do sistema político, sem condições de agir, a não se que ceda a grandes interesses.

“Que poder, de fato, tem o presidente do Brasil?”, questiona o texto. “Até o momento, como todas as suas ações foram ou serão questionadas no Congresso e na Justiça, apostaria que o presidente não serve para NADA, exceto organizar o governo no interesse das corporações”.

E arremata:

“Fora isso, não governa”.

O cerne do texto é alegar que, “fora dos conchavos”, o presidente não conseguem agir, nem mesmo para reduzir o número de ministérios do próprio governo.

Com o enigma, Bolsonaro faz lembrar o ex-presidente Jânio Quadros, que renunciou em 1961 alegando ser vítima “das forças ocultas” que mandam no Brasil.

A história pode se repetir?