“Eu sou o capitão motosserra!”; Bolsonaro assume com ironia capitania em desmatamento da Amazônia

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a questionar hoje, em São Paulo, a precisão de dados sobre o desmatamento da Amazônia, e sua divulgação. semana passada, o governo decidiu exonerar Ricardo Galvão, então diretor do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o órgão responsável por coletar dados de desmatamento, depois de um embate público entre ele e Bolsonaro sobre a qualidade e a publicidade das informações.

Hoje, Bolsonaro afirmou que “dados imprecisos” sobre desmatamento estão sendo divulgados, e ironizou a questão.”Um número absurdo como aquele de que eu desmatei 88% da Amazônia. Eu sou o ‘capitão motosserra'”, disse o presidente, que foi capitão do Exército.

Você acha engraçado?