Simone Tebet anunciada pelo MDB como candidata a chefiar Senado; melhor condição de somar apoios e bater bolsonaristas reforçados pelo PT

A bancada do MDB no Senado decidiu na tarde desta terça-feira (12) que a senadora Simone Tebet (MS) será mesmo a candidata do partido à presidência do Senado, contra a candidatura oposicionista de Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Segundo o site Congresso em Foco, os demais senadores do partido resolveram apoiar a pretensão da senadora, na reunião que ainda se desenvolve no Senado, a portas fechadas, porque Simone Tebet é a opção que apresenta melhores condições de somar apoio e vencer a eleição no próximo dia 1º.

O ato que deve formalizar seu nome acontece ainda nesta tarde, de acordo com o líder do MDB, Eduardo Braga (AM).

“Diferentemente do passado, o MDB não vai rachar e marcha unido na disputa pela presidência. É agora que o jogo começa”, disse a senadora, que já trava conversas com colegas. “O MDB hoje tem consciência de que o adversário não está dentro do partido e precisa buscar os votos fora”, frisou.

Simone Tebet é filha do falecido político do Mato Grosso do Sul Ramez Tebet, que também era filiado ao MDB e foi presidente do Senado Federal.