Senadora democrata usa viagem de “10 minutos” de Bezos ao espaço para pedir mais impostos ao ricos; “Eles podem pagar um imposto sobre fortunas aqui na terra”, diz Elizabeth Warren

A senadora dos Estados Unidos Elizabeth Warren ironizou o bilionário Jeff Bezos neste final de semana nas redes sociais. A congressista democrata criticou o “passeio de 10 minutos” do fundador à Amazon ao espaço ao mesmo tempo em que a população está em crise. Warren também cobrou que Bezos colabore com a população pagando impostos.

O cara mais rico da Terra pode se lançar ao espaço enquanto mais da metade do país vive de salário em salário, quase 43 milhões estão sobrecarregados com dívidas de estudantes e os custos com creches forçam milhões a perder o trabalho”, escreveu ela em sua conta pessoal do Twitter no domingo (25.jul.2021). “Ele pode se dar ao luxo de contribuir para que todos tenham uma chance.”

Na conta oficial de Warren do Senado, a senadora defendeu impostos para os mais ricos. “Os bilionários que podem se dar ao luxo de fazer um passeio de 10 minutos até o espaço sideral podem pagar um imposto sobre fortunas aqui na Terra.”© Fornecido por Poder360© Fornecido por Poder360

Receba a newsletter do Poder360todos os dias no seu e-mail

A viagem de Bezos aconteceu em 20 de julho. Ele voou para o espaço no seu próprio foguete, o New Shepard. O equipamento foi desenvolvido pela Blue Origin, que é uma companhia privada de astronáutica que também pertence a ele.

Depois da viagem, o bilionário agradeceu a todos os funcionários e clientes da Amazon por terem bancado a sua viagem. Segundo reportagem da ProPublica, Bezos não pagou um centavo de impostos em 2007 e em 2011. Ele é um dos homens mais ricos do mundo.

A maior taxação para os mais ricos é uma das bandeiras do presidente Joe Biden e de congressistas democratas, como Warren. A discussão voltou a se tornar central com a Estrutura de Infraestrutura Bipartidária, um plano de investimentos que está em discussão no Senado norte-americano há mais de um mês.

Segundo o The New York Times, os senadores democratas veem a taxação dos mais ricos como uma forma de pagar pelos investimentos em infraestrutura. Além disso, os congressistas também veem o pacote como uma forma de fazer alterações na política tributária norte-americana, aumentando a contribuição dos milionários e bilionários.

O problema é que não há acordo entre os senadores democratas e republicanos, que são contra as alterações. Nesse sentido, o presidente Biden saiu em defesa do plano de infraestrutura e da taxação dos ricos em seu perfil do Twitter.

A Estrutura de Infraestrutura Bipartidária é um ótimo negócio para o povo americano – para os operários, o pessoal que está sendo deixado para trás agora”, disse Biden também no domingo (25.jul).

“Queremos dar às pessoas mais ricas da América outro corte de impostos? Ou queremos pedir-lhes que paguem sua parte justa, para que possamos construir uma economia que atenda a todos? Acho que todos nós sabemos o que é melhor para o futuro da América.