Sem falar sobre vacinação, que lá já começou, Bolsonaro critica Argentina por legalização do aborto; “Jamais será aprovado em nosso solo”

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que, no que depender dele, a legalização do aborto jamais será aprovada no Brasil e destacou que lamenta profundamente pela vida das crianças argentinas, após a prática ter sido aprovada pelo Senado da Argentina.

“Lamento profundamente pelas vidas das crianças argentinas, agora sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com anuência do Estado. No que depender de mim e do meu governo, o aborto jamais será aprovado em nosso solo. Lutaremos sempre para proteger a vida dos inocentes!”, disse Bolsonaro.

O Senado da Argentina aprovou a legalização do aborto na madrugada desta quarta-feira, tornando o país a primeira grande nação da América Latina a adotar a medida em uma vitória para ativistas pelos direitos das mulheres obtida diante da forte oposição da Igreja Católica.

O Senado apoiou a proposta do governo para permitir a interrupção da gravidez até a 14ª semana de gestação. A Câmara dos Deputados argentina já havia aprovado a medida no mês passado.