Secom apoia Frias em crítica a Adnet: “Criatura imunda”

A Secom, Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, usou sua conta oficial no Twitter para se unir ao ator e secretário especial de Cultura do governo de Jair Bolsonaro, Mário Frias, e atacar o humorista Marcelo Adnet pela paródia feita à série ‘Um povo heroico’, lançada pelo governo em comemoração ao 7 de Setembro, dia da Independência.

A Secretaria acusa o humorista de “parodiar o bem e fazer pouco dos brasileiros”. Mais cedo, Frias também usou as redes sociais para atacar Adnet: “Garoto frouxo e sem futuro. Agindo como se fosse um ser do bem, quando na verdade não passa de uma criatura imunda, cujo o adjetivo que devidamente o qualifica não é outro senão o de crápula”.