Restrições dão resultado; mortes por Covid caem 23% em SP, após três semanas de comércio fechado

Em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira, 23, o governo de São Paulo informou que o número de mortes por covid-19 no Estado caiu 23,6% em relação à semana anterior. É a primeira vez que a taxa é reduzida em oito semanas, simultaneamente a outros dois índices: o número de novos casos, que diminuiu 14,3% no período, e o de pessoas internadas, 6% menor.

A média diária de mortes, segundo o governo, é de 621 na atual semana epidemiológica. Na semana anterior, o Estado havia atingido o recorde de 813 mortes por dia. O número atual é mais baixo do que o registrado nas últimas três semanas, mas é superior ao que vinha sendo registrado até o fim de março.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI na Grande São Paulo está em 79,2%. No Estado, o índice é de 81,1%. “Nós já vínhamos apresentando queda de internações há quatro semanas. É a primeira vez nesse período que temos queda nos óbitos. Esses dados nos trazem alento e esperança”, disse o secretário de Saúde Jean Gorinchteyn.

A média de casos já vinha apresentando queda há duas semanas e, dessa vez, passou de 14.921 para 12.784 infectados. Apesar da diminuição, o número segue mais alto do que vinha sendo verificado até o início de março.