Repugnante, Weintraub reafirma sua baixeza em ataque a ideia de Tábata Amaral: “Chicobrás? MenstruaBR?”; quebra da decência na véspera do Dia Internacional da Mulher; incivilidade; mais um caso de impeachment por quebra de decoro; vil

Na véspera do 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, debochou publicamente de um projeto de lei que prevê a distribuição gratuita de absorventes em lugares públicos.

“Como será o nome da nova estatal? CHICOBRÁS? MenstruaBR?”, indagou Weintraub, ironicamente, em uma postagem no Twitter. Ele se referia ao projeto apresentado pela deputada federal Tabata Amaral, que já negou que a proposta gastaria R$ 5 bilhões, como acusou o ministro.