Repercussão de caso Flordelis pressiona Câmara a resgatar Conselho de Ética; “Seria bom”, diz Rodrigo Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira (1º) que foi apresentado um projeto de resolução para a retomada dos trabalhos do Conselho de Ética. Segundo ele, a expectativa é que essa matéria seja votada o quanto antes. “Seria bom que a gente conseguisse consenso, acordo para votar o projeto de resolução ainda hoje”, disse ele.

A retomada do colegiado é fundamental para decisão sobre a cassação de mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ), acusada de mandar matar o esposo, o pastor Anderson Carmo. Maia disse que o direito de defesa precisa ser respeitado “mesmo que seja um caso, de fato, muito grave e muito constrangedor para todos”. Segundo ele, a deputada terá o prazo para defesa de cinco sessões dentro da Corregedoria da Casa, “mas não deixando que esse assunto leve muito tempo para ter uma solução na Câmara dos Deputados”.