Raposices de Kassab; ex-prefeito pode ser suplente na chapa de Datena ao Senado; “A conversa existe”, diz ele; distanciamento de Lula em SP e aproximação em MG

O ex-prefeito de São Paulo e presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, pode ser suplente do apresentador José Luiz Datena, que deve disputar o Senado por São Paulo.

As negociações já estariam avançadas, e envolvem também o apoio do PSD à candidatura do ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas ao governo de São Paulo.

Kassab confirmou à reportagem que a possibilidade é verdadeira. “Eles fizeram o convite. A conversa existe”, afirma.

Kassab também indicaria Felício Ramuth, ex-prefeito de São José dos Campos, para ser candidato a vice-governador.

Vídeo relacionado: Em 2 horas, Datena desiste e depois reafirma candidaturahttps://www.youtube.com/embed/crthVm0Qr_I?autoplay=1&mute=1

Tarcísio de Freitas é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que também lançou Datena para disputar o Senado.

A aliança afasta Kassab da órbita de Lula (PT), a quem ele sinalizava que poderia apoiar num eventual segundo turno contra Jair Bolsonaro.

O ex-prefeito afirma que o acordo ainda não está sacramentado, e que ainda mantém conversas com Márcio França (PSB-SP), que é pré-candidato ao governo de São Paulo.

Ele diz também que a candidatura própria do PSD ao governo estadual não está descartada e que esse, inclusive, seria o caminho de sua preferência. Neste caso, Felício Ramuth disputaria o governo estadual pela legenda.

Datena não retornou às ligações da reportagem para comentar a possibilidade de o acordo eleitoral com Kassab ser fechado.