Racionamento de energia ou apagão cada vez mais próximos; níveis dos reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste inferiores aos de 2001

Os reservatórios de hidrelétricas do Sudeste e do Centro-Oeste chegaram ao fim de julho com o armazenamento médio mais baixo de toda a série histórica disponibilizada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A série teve início em 2000. Os números para o mês são piores inclusive do que os de julho de 2001, ano em que o país enfrentou um racionamento de energia. O ONS já espera que agosto também termine com os níveis de armazenamento do Sudeste/Centro-Oeste piores que em 2001.

O órgão calcula que as barragens dessas regiões devem terminar este mês com 21,4% de capacidade de armazenamento, contra 23,45% registrados em 2001. O NOS prevê para agosto aumento de 4,6% no consumo do sistema nacional de energia, na comparação com igual período de 2020. A alta seria influenciada pela recuperação da economia. A queda no nível dos reservatórios também provocou o encarecimento das tarifas de energia.