Quino, 88, pai da genial Mafalda

O cartunista argentino Mario Quino, o criador das tirinhas da Mafalda, morreu nesta quarta-feira (30), aos 88 anos. O editor Daniel Divinsky confirmou a morte do cartunista ao jornal “El Clarín”. Na semana passada, Quino havia sofrido um acidente vascular cerebral. Nascido em 17 de julho de 1932, em Mendoza, onde voltara a viver desde 2017, quando faleceu sua mulher Alicia Colombo, Joaquín Salvador Lavado era o mais renomado cartunista do mundo hispânico. As tirinhas de Mafalda, a menina sabichona, respondona e meio de esquerda, foram publicadas em mais de 35 idiomas.

Quino recebeu o apelido queo tornou famoso ainda na infância, de seus pais, para diferenciá-lo de seu tio, Joaquín, de quem herdou o nome e o gosto por desenhar. Desenhou as tirinhas da Mafalda durante nove anos, entre 1964 e 1973. “Mas nunca terminei de aprender a desenhá-la”, afirmou há alguns anos. Malfalda é a tirinha latino-americana mais vendida do planeta e, cinco décadas depois, os comentários da menina continua supreeendentemente atuais.