Previdência com mais problemas: contas blindadas fazem oposição articular ida ao STF contra votação na CCJ

BR: A decisão do governo de blindar os cálculos da equipe econômica em torno da reforma da Previdência pode atrasar a votação marcada para a amanhã do relatório sobre a PEC na Comissão de Constituição e Justiça.

Deputados de oposição se articulam para entrar no STF com pedido de suspensão da tramitação do projeto até que as contas sejam de acesso público. O pleito ganhou força depois que o jornal Folha de S. Paulo buscou acesso às contas e soube da decretação de sigilo sobre os estudos e pareceres técnicos que embasaram a PEC. “O Ministério da Economia não pode furtar esses números de nós”, afirma o deputado Flavio Gomes (PSB-SP). “A questão é de transparência e lisura. Como chegamos ao trilhão? Quanto vão economizar com o BPC do velhinho miserável? No final, tirado A., B, C e D, quanto sobra? Não temos  nenhum número”, completou.