Petrobras faz cenário com barril de petróleo a US$ 50: “Se a empresa não tem custos baixos, a única solução é ira a uma igreja ou sinagoga”, diz Castello Branco

A Petrobras está trabalhando para reduzir custos e se preparar para possíveis cenários de preços globais do petróleo na casa dos 50 dólares por barril, afirmou nesta sexta-feira o presidente da petroleira, Roberto Castello Branco, ao discursar em evento no Rio de Janeiro.

O executivo ressaltou que trabalhar com preços elevados é fácil, mas a empresa precisa estar preparada para diversos cenários, dada a volatilidade de preços do petróleo.

“Se a empresa não tem custos baixos, a única solução é ir a uma igreja, uma sinagoga, para pedir para o preço aumentar”, disse o executivo, ao apresentar uma palestra na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ).

“Estamos nos preparando para viver bem com preço de 50 dólares, talvez até menos.”

Os preços do petróleo Brent, referência internacional, estão atualmente ao redor de 58 dólares. Mas cotações já chegaram a recuar para abaixo de 30 dólares em meados de 2016, após um período de preços acima dos 100 dólares entre 2011 e 2014.