Pelo 2º dia consecutivo, números oficiais apontam menos de 200 mortes por Coronavírus no País; 166 novos óbitos em 24 horas e 43.079 casos confirmados; letalidade de 6,4%

O Ministério da Saúde atualizou, nesta terça-feira (21), o número de casos confirmados e mortos causados pela pandemia do novo coronavírus no Brasil. Até o momento, são 2.741 óbitos registrados e 43.079 casos confirmados. A taxa de letalidade da doença é de 6,3%.

Nas últimas 24 horas, foram 2.498 casos, enquanto 166 novos óbitos foram registradas. Com a chegada de insumos para testes, há neste momento um esforço para zerar a fila de testes acumulados. Em São Paulo, o Instituto Butantan confirmou que a fila de exames aguardando resultado está na faixa de 2.400, mas no passado já esteve na faixa de 16 mil.

O estado de São Paulo segue como o mais afetado em números absolutos, concentrando 15.385 casos e 1.093 mortes até o momento. No entanto, nos últimos dias a situação do Amazonas se tornou mais crítica, com o colapso do sistema de saúde, sem leitos para tratar novos pacientes. Proporcionalmente à população, o estado tem os números mais preocupantes, com mais de 58 casos por 100 mil habitantes (2.160 no total) e quase 5 mortes por 100 mil habitantes (198 no total).

Reprodução

Quarentena estendida

A fim de conter o avanço da doença, o governo de São Paulo ampliou a quarentena no estado até o dia 10 de maio. Segundo o governador João Doria, “Nenhuma aglomeração de nenhuma espécie em nenhuma cidade ou área do estado de São Paulo será admitida. As Guardas Municipais ou Metropolitanas deverão agir”, afirmou.