PEC dos Precatórios abrirá rombo de R$ 580 bilhões até 2036; conta ficará para próximos governos

A PEC dos Precatórios vai fazer um rombo de R$ 580 bilhões próximos 15 anos. Segundo a Folha de S. Paulo, os dados são da Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara.

A proposta foi aprovada na Câmara dos Deputados e será votada no Senado. O texto cria um limite anual para a quitação de sentenças judiciais pelo governo. Por conta disso, o projeto é chamado de PEC do Calote.PUBLICIDADE

O levantamento do impacto da proposta foi feita pelos consultores Ricardo Volpe e Sérgio Sambosuke. O pedido foi feito por parlamentares. As contas levam em conta até 2036 por ser o último ano da vigência do teto.

Leia também:

1 – Por que possível prisão de Steve Bannon é terrível para Bolsonaro

2 – Márcio França aposta em presidente do TCU para se aproximar do PT

3 – Bolsonaro fez piada e mandou recado ao saber que Aécio quer ser vice

MDB é contra a PEC dos Precatórios

Senadores do MDB estão insatisfeitos com a aprovação da PEC dos Precatórios na Câmara dos Deputados. Eles pedirão que o líder do governo na Casa, o colega Fernando Bezerra, promova alterações no texto antes de levá-lo à votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Bezerra, designado relator da proposta, acenou que fará as alterações.