Para agradar OCDE e cutucar Centrão, Guedes quer quem é quem na indicação de cargos no governo; “É importante que todos saibam”, diz ministro

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu, em reunião com a Controladoria-Geral da União (CGU), que seja incluído no Portal da Transparência um mecanismo para identificar todas as indicações para cargos públicos, Guedes quer destaque tanto para os nomes dos responsáveis tanto pela nomeação quanto pela indicação. O ministro disse que a medida valeria para todos os ministérios, bancos públicos, repartições e autarquias.

“Isso é muito importante porque, evidentemente, a responsabilidade por atos, por falta de integridade eventual, é da pessoa que faltou com a integridade. Mas é importante que todos saibam quem cometeu o equívoco ou erro de indicar a pessoa inadequada para o cargo”, afirmou Guedes. Segundo ele, a inclusão do mecanismo fará com que o país esteja no padrão da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que convidou o Brasil ontem para entrar na instituição. O trabalho de ajuste no Portal da Transparência seria feito em parceria entre a OCDE e a CGU.