Ota, 67; lenda, corpo e alma da revista Mad; deixa um imenso sorriso

O cartunista Otacílio Costa d’Assunção Barros, o Ota, foi encontrado morto nesta sexta-feira (24) em seu apartamento na Rua Ernani Cotrim, na Tijuca, Zona Norte do Rio.

Vizinhos estavam sem contato há cinco dias com o cartunista, e os bombeiros foram acionados. Chegando no local encontraram o artista morto.

Formado em jornalismo, Ota foi o editor responsável pela versão brasileira da revista Mad nos anos 70 e 80. Também trabalhou em outras publicações como o Jornal do Brasil e Folha Dirigida.

Botafogo News no Twitter: “Com imenso pesar comunico aos fãs da Revista Mad, humor brasileiro e quadrinhos que o lendário Ota, meu tio, nos deixou nesta sexta aos 67 anos. Responsável por capitanear uma das revistas mais vendidas do BR nos anos 80, deu oportunidade para muitos e fez mt gente dar risada https://t.co/5TdKUYM37n” / Twitter