Former Chilean president and current presidential candidate Michelle Bachelet (C) holds up a picture of a victim of human rights abuse during a ceremony commemorating 40 years of the military coup at the "Parque Por La Paz" (Park for Peace) on the grounds of the former Villa Grimaldi torture center in Santiago September 10, 2013. REUTERS/Ivan Alvarado (CHILE - Tags: POLITICS ANNIVERSARY)

Onyx comete a primeira barbeiragem da nova viagem de Bolsonaro: “Chile teve que dar um banho de sangue”

BR: O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, pode-se arrepender do que disse. Momentos antes do início da viagem do presidente Jair Bolsonaro ao Chile, ele elogiou de modo bastante cruel a ditadura do general Augusto Pinochet no país (1973-1990). “O Chile teve de dar um banho de sangue” para implantar políticas macroeconômicas, afirmou Onyx, limitando-se a ressalvar que o episódio foi “triste”.

Um jantar oferecido pelo presidente Sebastian Piñera a Bolsonaro já tem o boicote anunciado dos presidentes da Câmara e do Senado, que não consideram o presidente brasileiro comprometido com a democracia. Há previsão de protestos pela presença do presidente brasileiro no país.