Omicron; OMS batiza variante sul-africana do coronavírus e diz que pode ser a mais poderosa já vista

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a B.1.1.529 como uma “variante de preocupação” e escolheu como nome “omicron”. A nova variante do coronavírus foi originalmente descoberta na África do Sul.

A B.1.1.529 preocupa pois tem 50 mutações — algo nunca visto antes —, sendo mais de 30 na proteína “spike” (a “chave” que o vírus usa para entrar nas células e que é o alvo da maioria das vacinas contra a Covid-19).

Ainda não se sabe se ela é mais transmissível ou mais letal: a própria OMS diz que precisará de semanas para compreender melhor o comportamento da variante.https://2ac71d47fb3634ff06afbf48afdda6fc.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html