No Rio, Mourão tabela com Bolsonaro em Israel: “De esquerda é o comunismo, não resta a mínima dúvida”; até os comunistas concordam!

BR: O vice-presidente Hamilton Mourão teve uma tirada ideológica de espírito, nesta terça-feira 2, ao ser questionado sobre a frase do presidente Jair Bolsonaro, dita em Israel, segundo a qual o nazismo foi um movimento de esquerda – e não de direita, como sustenta a, na prática, unanimidade da intelectualidade que estuda o assunto.

Do Rio de Janeiro, Mourão conseguiu não discordar com Bolsonaro e, ao mesmo tempo, atacar o inimigo ideológico comum a ele e ao presidente:
“De esquerda é o comunismo, não resta a mínima dúvida”.

Até os comunistas concordam!