Ninguém quer; Ciro Nogueira prevê debandada do PP se Bolsonaro se filiar; presidente é “incontrolável”, diz ministro

Ciro Nogueira prevê debandada no PP caso Jair Bolsonaro se filie à sigla. O ministro da Casa Civil já alertou integrantes do partido que a ida do presidente vai causar discordâncias. Nos bastidores, ele reclama que um grupo “minoritário” pode ser contrário à filiação. Entretanto, não crê que o caso possa inviabilizar o projeto apoiado pela maioria.

Para Ciro, o Progressistas deve perder lideranças filiadas ao partido, principalmente no Nordeste. Crê que as maiores resistências partem dos diretórios de Pernambuco e da Bahia.

Mesmo assim, o ministro de Bolsonaro acredita que o partido cumprir a meta de 2022: aumentar a bancada na Câmara. Com isso, terá também maior fundo partidário e tempo de televisão. A informação é da coluna de Igor Gadelha no Metrópoles.

Ciro Nogueira aposta na derrota de Bolsonaro em 2022

Em conversa com aliados, o Ministro da Casa Civil revelou que não enxerga um caminho para vitória do governante. Isto porque o chefe do executivo federal é uma pessoa “incontrolável”.