“Não aceitaremos uma farsa, como querem nos impor, podem ter certeza”, diz Bolsonaro sobre voto eletrônico; “Não aceitaremos”

Neste sábado (31), Jair Bolsonaro voltou a ameaçar as eleições em evento em Presidente Prudente (SP).

Em mais um discurso golpista, ao lado do gado, ele afirmou:

“Tudo faremos para que o Brasil seja uma grande nação”.

O presidente ainda disse que “não aceitará” eleições com urnas eletrônicas.

“Quando se fala em democracia, ela só existe onde tem eleições limpas. Não é como um ou outro quer, é da forma que o povo deseja. Nós queremos eleições, nós queremos votar. Mas não aceitaremos uma farsa, como querem nos impor, podem ter certeza”.

Pazuello mentiu e aplicativo foi criado para prescrever cloroquina, diz TCU

O que acontece se Mourão renunciar o cargo de vice-presidente?

Leia tambémhttps://e62bc9dcdcfb83bf7be75155b94d6239.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Bolsonaro faz ameaça

“Não dou recado, apenas transmito o que recebo de cada um de vocês”, prosseguiu.

Esta não é a primeira vez que o presidente ameaça as eleições do próximo ano.

“Eleições no ano que vem serão limpas. Ou fazemos eleições limpas no Brasil ou não temos eleições”, disse ele no início deste mês.

O presidente não é o único a fazer ameaças contra o sistema eleitoral.

O ministro da Defesa, Walter Braga Netto, também adotou discurso similar e chegou a ameaçar golpe.