Na festa de 400 dias de governo, Bolsonaro dá bofetada em ambientalistas: “Se um dia eu puder, confino-os todos na Amazônia, já que gostam tanto de meio ambiente”

Ao defender hoje a regulamentação da mineração e exploração de recursos em terras indígenas, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que, se pudesse, “confinaria” os ambientalistas na Amazônia, já que “eles gostam tanto de meio ambiente”.

afirmação foi feita durante evento de comemoração por 400 dias de governo, no Palácio do Planalto. Uma vez confinados na Amazônia, Bolsonaro disse que, dessa maneira, os ambientalistas “deixariam de atrapalhar nos centros urbanos”.

Em correção a declaração anterior, desta feita Bolsonaro disse que o índio é um ser humano “exatamente igual a nós”, justificando sua defesa para a exploração de terras demarcadas pela indústria da mineração e outras.