Mourão interpreta rixa Bolsonaro-Maia: “Parece briga de rua”; em São Paulo, empresários apelam para participar de jantar com ele

BR: O vice-presidente Hamilton Mourão está-se sobressaindo na crise política aberta pela troca de farpas em público entre o presidente Jair Bolsonaro, seu aliados e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Em São Paulo, jantar em homenagem a ele, amanhã, na casa do presidente da Fiesp, Paulo Skaf, está com fila de espera. Muitos empresários que não foram chamados ligaram para Skaf para pedir um lugar à mesa. Durante o dia, Mourão participará de reunião da diretoria da Fiesp, e todos os integrantes do comando da entidade paulista já confirmaram suas presenças.

À jornalista Andreia Sadi, Mourão deu seu ponto de vista sobre a rixa entre Bolsonaro e Maia.

“Parece briga de rua”, lamentou, usando uma expressão popular que critica os dois lados em disputa. “Precisa acalmar as bases. O momento é de clareza, paciência e determinação”, apontou. Por este tipo de postura, o vice-presidente vai ocupando cada vez mais espaço como a voz ponderada mais forte dentro do governo.