Mourão, como sempre, tem um pitaco para o assunto do dia; “Pede o boné”, diz vice em recado para Tite; general de pijama também quer influir na Seleção Brasileira

O Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão, abordou o tema Copa América e comentou sobre o técnico Tite nesta segunda-feira (7). Em declaração concedida em sua chegada ao Palácio do Planalto, o político se mostrou favorável a realização da competição da Conmebol no Brasil e atacou o treinador da Seleção Brasileira.Mourão não tocou no nome de Tite, mas retrucou: “Ele não quer mais, não quer, o Cuiabá está precisando de um técnico, aí, não tá?". | Buda Mendes/Getty Images© Fornecido por 90min Mourão não tocou no nome de Tite, mas retrucou: “Ele não quer mais, não quer, o Cuiabá está precisando de um técnico, aí, não tá?”. | Buda Mendes/Getty Images

“Não vou entrar nessa discussão. Eu acho que faz parte dessa disfuncionalidade que nós estamos vivendo. Eu sou do tempo que jogador de futebol, quando era convocado para seleção brasileira, era considerado uma honra”, iniciou o vice-presidente, antes de falar da situação com o Tite. Mourão ainda indicou um possível destino para o comandante da Seleção:   Vice-Presidente de Bolsonaro, Mourão atacou Tite nesta segunda-feira: "Pede o boné”. | Andressa Anholete/Getty Images© Andressa Anholete/Getty Images Vice-Presidente de Bolsonaro, Mourão atacou Tite nesta segunda-feira: “Pede o boné”. | Andressa Anholete/Getty Images

O técnico [Tite], ele não quer mais, não quer, o Cuiabá está precisando de um técnico, aí, não tá? Então leva lá, sai, pede o boné. Acho que isso é uma discussão, neste momento, totalmente disfuncional. comentou Mourão.

Tite e Seleção Brasileira

A Seleção Brasileira enfrenta uma severa crise. Nas últimas semanas, vários assuntos perturbaram o ambiente da Canarinha – afastamento do presidente da CBF, Rogério Caboclo, realização da Copa América no Brasil, conversa de dirigentes sobre pessoas de confiança de Tite. E tudo isso colocou uma incógnita sobre o futuro do treinador do esquadrão verde e amarelo.

Tite e jogadores se posicionarão nesta terça-feira, 8, após o embate das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

Com informações do G1.