Ministério da Defesa rompe silêncio e jura obediência à Constituição “para manter a paz e a estabilidade do país”; obrigação ressaltada

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, publicou nesta segunda-feira (20) um comunicado oficial no qual afirma que as Forças Armadas trabalham com o propósito de “manter a paz e a estabilidade do país”, obedecendo a “Constituição Federal”. O documento foi divulgado após integrantes do Legislativo e do Judiciário terem pressionado o Palácio do Planalto a se posicionar sobre a participação do presidente Jair Bolsonaro, no domingo (19), em manifestação que defendeu uma intervenção militar no país.

“As Forças Armadas trabalham com o propósito de manter a paz e a estabilidade do país, sempre obedientes à Constituição Federal. O momento que se apresenta exige entendimento e esforço de todos os brasileiros”, ressaltou o comunicado