Menos de 100 militantes se juntaram em Brasília para saudar filiação de Bolsonaro ao PL; fiasco

O evento de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Partido Liberal (PL), nesta terça-feira (30), contou a presença de menos de 100 militantes.

Eles ficaram do lado de fora do auditório do Complexo Brasil 21, em Brasília.

A filiação de Bolsonaro ao PL foi cercada de constrangimentos. O discurso ideológico assustou até mesmo boa parte dos filiados da sigla. Só que o momento de maior climão foi durante o discurso do senador Flávio. Valdemar Costa Neto não escondeu a cara de poucos amigos.PUBLICIDADE

Tudo começou quando o filho número 01 do presidente foi discursar. Ele criticou Sergio Moro, deu detalhes da sua filiação e atacou o Lula. O inusitado desta história é que o parlamentar chamou o ex-presidente de “ex-presidiário”. Só que o dono do Partido Liberal foi preso por envolvimento na Lava-Jato.

A expressão facial de Valdemar foi de poucos amigos. Claramente não gostou do que escutou. Tanto que interlocutores se movimentaram e conversaram com jornalistas para impedir que esse trecho fosse noticiado. Porém, todos os que estavam presentes já tinham espalhado o episódio em grupos de WhatsApp.