Mau exemplo; vaidoso e sem máscara, Bolsonaro vai à praia, pega criança no colo e provoca aglomeração

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ignorou mais uma vez o avanço da pandemia do coronavírus ao promover aglomeração em uma praia do litoral sul de São Paulo. Sem máscara, ele se aproximou se simpatizantes, cumprimentou banhistas, pegou crianças no colo e posou para fotografias.

A aglomeração ocorreu em Praia Grande, cidade vizinha a Guarujá, onde o presidente passa o feriado de Ano Novo em um base militar.

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 1.075 óbitos pelo novo coronavírus e 57.227 casos da doença. O país, assim, chega a 192.716 óbitos e a 7.564.117 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. ​

Sem máscara, o presidente Jair Bolsonaro com apoiadores em Praia Grande
Sem máscara, o presidente Jair Bolsonaro com apoiadores em Praia Grande – Jair Bolsonaro no Facebook

A aglomeração e os cumprimentos do presidente foram transmitidos ao vivo em vídeo por suas redes sociais. Assim que chegou e se aproximou dos banhistas encostados em um gradil e tentou se explicar.

“O povo aqui na praia. Fazemos isso, nos arriscamos também um pouco para ver o que acontece. Alguns até reclamam, é direito deles, mas sempre estivemos ao lado da população que é a nossa obrigação.”

“Estou fazendo isso, repito, com alguns riscos algumas vezes, mas nos sentimentos reconfortados por estar buscando sempre fazer a coisa certa (…) O povo está aqui na praia, alguns vão falar que é aglomeração, mas temos que enfrentar por toda a vida.”https://s.dynad.net/stack/928W5r5IndTfocT3VdUV-AB8UVlc0JbnGWyFZsei5gU.html[ x ]

Bolsonaro ainda falou sobre o fim do auxílio emergencial. “Querem que a agente renove, mas a nossa capacidade de endividamento chegou ao limite. Fazemos apelo a alguns governadores que teimam em fechar tudo. Não deu certo, seis meses de lockdown e não certo dessa forma.”

O presidente estava vestido com uma camisa do Santos, mas, em meio à aglomeração, a pedido de um apoiador, vestiu uma do Corinthians rapidamente.

O presidente Jair Bolsonaro, em Praia Grande (SP), onde se encontrou com apoiadores em praia
O presidente Jair Bolsonaro, em Praia Grande (SP), onde se encontrou com apoiadores em praia – Jair Bolsonaro no Facebook

Bolsonaro está hospedado no Forte dos Andradas, em Guarujá, que possui uma pequena praia privada de aproximadamente 400 metros de extensão. Nesta quarta-feira, ele usou uma moto aquática para ir até Praia Grande, prática que tem sido recorrente nas visitas do presidente para o litoral.

Na passagem pela praia, Bolsonaro ergueu algumas crianças, tirou selfies, distribuiu abraços e sorriu sempre para a série de provocações que ouviu direcionadas ao governador João Doria (PSDB), a quem cutucou logo na chegada ao litoral, quando disse que o político utilizava máscara apenas em estúdios de gravação.

O prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB), já afirmou que não fechará as praias nem mesmo nos dias 31 e 1º alegando não ter contingente policial suficiente para cobrir os 22 km de faixa de areia.