Maia recusa lugar em mesa da CCJ para não ficar ao lado de Onyx: clima para lá de ruim

BR: Assim que chegou hoje à tarde à Comissão de Constituição e Justiça, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, foi imediatamente convidado a sentar-se à mesa. O convite foi recusado.

Motivo: estava na mesa o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, defendendo o decreto de armas.

Maia não gosta nem de um nem de outro. E foi sentar-se na plateia, sem fazer a deferência ao adversário.