Prefeito eleito de São Paulo, João Dória (PSDB) durante encontro com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Brasília, 25/10/2016 - Foto Orlando Brito

Maia prega chapa PSDB-DEM para eleição presidencial de 2022; Doria-Maia é sonho antigo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez um forte aceno de aliança ao PSDB para a eleição presidencial de 2022. Durante convenção nacional do partido tucano, ontem, em Brasília, o deputado afirmou que deseja que as duas siglas estejam “fortes em um projeto único de geração de emprego e renda” daqui a três anos. Após o evento, Maia negou que estivesse falando em uma fusão entre os dois partidos. “Isso envolve diálogo, como a gente vem fazendo. Temos muitas convergência”, disse.

O certo é que ele trabalha para a formação de uma chapa entre tucanos e democratas, que pode ter como nomes o governador de São Paulo, João Doria, e o próprio Maia, na condição de vice.

O novo presidente do PSDB, o ex-ministro e ex-deputado Bruno Araújo, disse que é cedo para falar sobre eleições, mas afirmou que a legenda tem identidade com o DEM e que os dois partidos estão em constante diálogo. Araújo também incluiu o MDB ao comentar a possibilidade de uma conversa para a próxima eleição presidencial. O governador de São Paulo, João Doria, conseguiu emplacar Araújo no comando da sigla. Doria foi ao evento com uma camiseta amarela com a inscrição “Novo PSDB” e chamado de “presidente”. “Tenho confiança no Brasil, amo ser brasileiro. Antes de amar São Paulo, amo o meu País”, disse o tucano. fffffff