Lula enfrenta mercado e promete mudar política de preços da Petrobras; “Quem tem de lucrar é o povo brasileiro”

Em publicação nas redes, o ex-presidente Lula afirmou que não irá manter a política de paridade dos preços internacionais do petróleo.

O pré-candidato do PT em 2022 disse que será adotada a mesma política de preços da Petrobras empregada nos governos petistas.PUBLICIDADE

LEIA MAIS:

1 – Bolsonaro está tenso com bomba de Moro, diz aliado
2 – Moro vai à guerra contra Bolsonaro e promete bomba
3 – União Brasil rejeita aliança com Moro e quer acordo com Eduardo Leite

“​​Digo em alto e bom som: nós não vamos manter essa política de preços de aumento do gás e da gasolina que a Petrobras adotou por ter nivelado os preços pelo mercado internacional. Quem tem que lucrar com a Petrobras é o povo brasileiro”, escreveu Lula no Twitter.

Ele falou sobre o assunto em entrevista à Rádio Gaúcha. “Fui 8 anos presidente da República. A Dilma foi por 6 anos. A gente tinha efetivamente uma política de preços compatíveis com a sobrevivência boa da Petrobras”, afirmou. 

Para o ex-presidente, qualquer candidato sério” descartaria a política de preços adotada pelo atual governo.

“Esse argumento é do complexo de vira-lata: insubordinar aos interesses das multinacionais que estavam preparadas para destruir a indústria de engenharia no Brasil e a indústria naval”, declarou.

https://platform.twitter.com/embed/Tweet.html?dnt=true&embedId=twitter-widget-0&features=eyJ0ZndfZXhwZXJpbWVudHNfY29va2llX2V4cGlyYXRpb24iOnsiYnVja2V0IjoxMjA5NjAwLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X2hvcml6b25fdHdlZXRfZW1iZWRfOTU1NSI6eyJidWNrZXQiOiJodGUiLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X3NwYWNlX2NhcmQiOnsiYnVja2V0Ijoib2ZmIiwidmVyc2lvbiI6bnVsbH19&frame=false&hideCard=false&hideThread=false&id=1465647467559628801&lang=pt&origin=https%3A%2F%2Fwww.diariodocentrodomundo.com.br%2Fessencial%2Flula-petrobras-povo-brasileiro%2F&sessionId=e12ec0edcc853ed119df7e5c6f0f5cbea6ac0c02&theme=light&widgetsVersion=f001879%3A1634581029404&width=550px