Em Curitiba, Bolsonaro confirma que será candidato à presidência. O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) confirmou que tem a intenção de ser o próximo presidente do Brasil, com projeto político voltada para a direita. Ele participou na manhã desta sexta-feira (4) do 1.º Seminário das Guardas Municipais na Assembleia Legislativa, em Curitiba. Bolsonaro migrou, recentemente, do Partido Progressista (PP) para o Partido Social Cristão (PSC) . “Mudei de partido com a intenção de ser candidato a presidente. Hoje, as pesquisas me dão 2% de intenção de voto e como nunca fui candidato a nada no Executivo fico abaixo de outras pessoas. Minha posposta é completamente diferente. É a uma proposta à direita”, revelou. Bolsonaro ainda comentou sobre a questão do armamento e defendeu que todo cidadão possa ter porte de arma de fogo. “Eu defendo que o proprietário rural possa ter um fuzil na sua propriedade como cartão de visita aos marginais do MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra]. Só dessa forma podemos nos defender. Duvido que uma mulher armada seja estuprada por um canalha qualquer”, afirma.

Jornal da Globo conta que Bolsonaro tem dificuldade em ler teleprompter, e ele engrossa com a emissora: ‘Jornalismo lamentável’

BR: O presidente Jair Bolsonaro não é um bom leitor. Ao menos, não de teleprompter, o aparelho que mostra o texto a ser lido por quem está à frente das câmeras de televisão.

Foi isso o que noticiou, ontem à noite, o Jornal da Globo. Para fazer o pronunciamento em rede nacional de televisão, poucas horas antes, quando agradeceu ao “comprometimento” do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, no apoio à reforma da Previdência, Bolsonaro pediu à sua equipe de TV para falar de improviso, tal a dificuldade apresentada para ler seu pequeno discurso no aparelho de apoio.

Apesar do mal desempenho nos ensaios, a equipe considerou que o improviso ficaria ainda pior. A solução encontrada foi colocar letras maiúsculas à frente de cada palavra, de modo a que o presidente sentisse mais segurança.

Bolsonaro não gostou nada da revelação do Globo, e procurou bater pesado, também ontem à noite, via Twitter:

“O jornalismo de vocês está representando tudo o que o Brasil não necessita atualmente! É lamentável, mas junto dos brasileiros colocaremos o Brasil em patamares muito melhores que deixados por governo anteriores e adorados por esta emissora! Boa noite!”