RIO DE JANEIRO,RJ,18.05.2017:OPERAÇÃO-LAVA-JATO-PF - Movimentação na sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro (RJ), durante operação da força-tarefa da Lava Jato, deflagrada na manhã desta quinta-feira (18). A operação teria tido início após a delação do dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, que entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma gravação do senador Aécio Neves pedindo a ele R$ 2 milhões. (Foto: jose lucena/Futura Press/Folhapress)

Para não perder protagonismo, Lava-Jato promete novo recorde; 14 operações já definidas até o fim do ano

BR: A força-tarefa da Lava-Jato já tem pelo menos 14 operações em preparação para serem detonadas até dezembro. Segundo fontes da Polícia Federal e do Ministério Público, a intenção é bater o recorde de produtividade depois de um 2018 considerado “morno”.

As bases para as novas investidas são as delações da Odebrecht e da OAS, que abriram novas frentes de investigações.

Cinco anos após primeiras prisões, procuradores não querem perder protagonismo.