Lá vem Bolsonaro de novo em rede nacional: falará que OMS segue a sua linha de mandar o povo trabalhar; gravação neste momento, informa Lauro Jardim

O presidente Jair Bolsonaro está gravando neste momento em Brasília um pronunciamento que será exibido hoje à noite em cadeia nacional de rádio e TV, informa o colunista Lauro Jardim, do Globo.

Nele, Bolsonaro vai reafirmar o que disse hoje de manhã aos jornalistas na porta do Palácio da Alvorada sobre a fala de ontem do diretor-geral da OMS (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus. De acordo com o presidente, a OMS estaria defendendo que as pessoas “têm que trabalhar”:

— Vocês viram o que o diretor-presidente da OMS falou, não? Alguém viu aí? 

Bolsonaro tem uma leitura muito especial da fala de Ghebreyesus: cita apenas um trecho da fala do diretor da OMS, esquecendo-se do restante em que os governos eram cobrados a promover políticas que garantissem a renda dos desassistidos e defendia a importância do isolamento social.

No pronunciamento de hoje, Bolsonaro vai reafirmar que a situação é crítica, mas que ele estava certo desde o início. Vai listar ainda as ações do governo pra dar auxílio aos mais vulneráveis e as medidas para financiamento de empresas para preservar empregos.