BRASÍLIA, DF, BRASIL, 16.01.2018, 14h00- ROBERTO-JEFFERSON - O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, durante entrevista exclusiva à Folha de S.Paulo, na sede nacional do Partido Trabalhista Brasileiro, em Brasília (DF). (Foto: Mateus Bonomi/Folhapress)

Jefferson manipulou R$ 11,7 milhões de fundo partidário no PTB; Moraes acha que dinheiro foi usado em espalhar fake news; organização criminosa

Ao ser preso pela Polícia Federal (PF) nesta sexta (13), Roberto Jefferson disse a agentes que estava “muito doente”., narra o Diário do Centro do Mundo.

Segundo o G1, ele foi pego em sua casa em Comendador Levy Gasparian, município do Rio.

Durante o cumprimento dos mandados, o bolsonarista deu uma ajudinha à Polícia Federal.

Ele publicou um tuíte revelando sua localização, mesmo após agentes não o encontrarem em endereço citado na investigação.

Leia também:

1 – Aras ignorou prazo de Moraes e só se manifestou contra prisão de Jefferson após determinação

2 –  Ameaçado pelo bolsonarista, embaixador da China comemora prisão

Roberto Jefferson é suspeito de usar fundo partidário para publicar fake news

Alexandre de Moraes quer investigar se o presidente do PTB usou recursos públicos para atacar instituições e divulgar fake news.PUBLICIDADE

Só em 2021, o partido recebeu R$ 11,7 milhões de recursos do Tesouro.

O ex-deputado é investigado no inquérito das milícias digitais, continuação do inquérito dos atos golpistas.

No despacho, Moraes afirma que o bolsonarista usou recursos do partido “para incorrer nas condutas ora em análise”.