Jair Renan, o 04, ameaça Comissão da Covid ao mostrar armas em vídeo: “Alôôôô, CPI, kkkk”; senador requer depoimento de filho do presidente

O quarto filho do presidente Jair Bolsonaro usou seu perfil no Instagram nesta segunda-feira, 20, para provocar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, mostrando uma imagem com cerca de 10 armas. “Aloooo CPI kkkkk”, escreveu Jair Renan Bolsonaro.

A provocação gerou reações entre os integrantes da comissão. O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) afirmou ter apresentado um requerimento de convocação de Jair Renan para prestar depoimento, “para que ele possa dar pessoalmente um alô para a CPI”. O parlamentar quer que o filho do presidente fale sobre seu vínculos com o lobista Marconny Faria “e supostas ameaças a parlamentares”. Faria é investigado pela CPI por suspeita de lobby para a empresa Precisa Medicamentos junto ao Ministério da Saúde. “A lei vale para todos”, afirmou o senador.

O senador Rogério Carvalho (PT-SE), suplente da CPI da Covid, afirmou em sua rede social que vai levantar uma questão de ordem contra a provocação. “Nós não estamos de brincadeira, e não vamos aceitar ameaças veladas. Já chega de molecagem com incitação à violência”, afirmou.