Irritado com responsabilidade fiscal do Senado, Bolsonaro parte para cima de Pacheco em comparação com Lira: “Lá na Câmara tem comando”

Bolsonaro soube que senadores não querem mudança no teto de gastos e ficou revoltado com Rodrigo Pacheco. O presidente disse para interlocutores que o responsável pelo Senado não se mobiliza pelas pautas do governo. E o comparou com Arthur Lira. “Lá na Câmara tem comando”, disse ele.

Conforme apurou o DCM, Fernando Bezerra, relator da PEC dos Precatórios, escutou dos colegas que votarão contra mudança no teto de gastos. Os parlamentares apresentaram diversas alternativas para abrir espaço no Orçamento da União em 2022. Uma delas é o fim da emenda do relator, conhecida como Orçamento Secreto.PUBLICIDADE

Bezerra ainda escutou que o Senado irá assegurar o pagamento do Auxílio Brasil. Porém, não permitirá que o teto de gastos sofra alteração. A argumentação é que o país precisa manter o controle fiscal para não perder investimentos.