Irresponsável, Bolsonaro diz que Brasil está “quebrado” e mídia “potencializa vírus”; “Eu não consigo fazer nada”

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 3ª feira (5.jan.2021) que o Brasil está “quebrado”. “Eu não consigo fazer nada. Eu queria mexer na tabela do Imposto de Renda, teve esse vírus potencializado pela mídia que nós temos, pela mídia sem caráter que nós temos”, afirmou a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

Hoje é o 1º dia de trabalho do presidente em Brasília depois do recesso de 8 dias na Baixada Santista, litoral de São Paulo. Bolsonaro deixou o Guarujá (SP) de helicóptero na tarde dessa 2ª (4.jan.2021) e seguiu para a Base Aérea de Santos, onde decolou às 15h30 e chegou por volta das 16h50 à capital federal. Do aeroporto, seguiu direto ao Palácio da Alvorada.

Bolsonaro embarcou em 28 de dezembro para o Guarujá, onde passou o Ano Novo hospedado no Forte dos Andradas. A visita ao litoral paulista durante as festividades de fim de ano foi marcada por encontros que o chefe do Executivo promoveu com apoiadores.Na véspera de Ano Novo, o presidente passou o dia no Forte dos Andradas.

Em 1º de janeiro, o presidente pulou no mar para encontrar com banhistas na Praia Grande. Com a praia lotada, pessoas se aglomeraram ao redor do presidente dentro da água. Os apoiadores gritaram “mito” e ofensas ao governador de São Paulo, João Doria.

Nesta 3ª feira (5.jan), Bolsonaro criticou a imprensa, como costuma fazer. Disse que há “um trabalho incessante” de desgaste para tentar tirá-lo do posto. “Vão ter que me aguentar até o final de 2022, podem ter certeza disso”, disse.