Guedes vai ter de informar o que conversou com Neymar pai; empresas do filho carregam dívida de R$ 67 milhões com a Receita

BR: Com uma dívida do jogador Neymar estimada em R$ 67 milhões com a Receita Federal, Neymar pai procurou, em 17 de abril, primeiro o presidente Jair Bolsosonaro e, em seguida, teve audiência, no Ministério da Economia, com o titular Paulo Guedes e o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra.

Qual o contribuinte endividado que não gostaria de ter esse privilégio, chorar as próprias agruras diante dos senhores de suas dívidas?

Como isso não acontece com quase ninguém, Guedes agora terá de explicar exatamente o que foi tratado na reunião.

Na manhã desta sexta-feira 7, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, aprovou pedido de informações ao ministro Guedes.

O Brasil saberá, assim, o que foi tratado com o enrolado pai do atacante Neymar Jr.

Algum privilégio ficou estabelecido, além do encontro em si?