Governo dorme no ponto e ministro do Turismo terá de falar ao Senado sobre laranjas do PSL-MG

A Comissão de Transparência do Senado aprovou nesta terça, sem barulho, convite para o ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antônio, se explicar sobre as acusações de uso de candidaturas laranjas em sua campanha. No momento da aprovação, apenas o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor do requerimento, estava no plenário, além do presidente do colegiado, Rodrigo Cunha (PSDB-AL).

O quórum mínimo de 14 senadores já estava garantido, com suas assinaturas para abertura dos trabalhos. Mas a maioria deles já havia saído da sala. O senador Major Olimpio, líder do PSL no Senado, tentou reverter, mas chegou atrasado e perdeu a viagem. Convite não obriga a ida do ministro, mas o constrange se não for. Sempre há acordo para definir uma data.