General traído; “Fui atropelado por um trem, eu não sabia”, diz Ramos a amigos após saber que sairá da Casa Civil para dar lugar a Nogueira, chefão do Centrão

“Eu não sabia, estou em choque. Fui atropelado por um trem, mas passo bem”. Foi assim que reagiu o atual ministro da Casa Civil, general Luis Eduardo Ramos, ao saber que será demitido para dar lugar ao senador Ciro Nogueira (PP-PI), líder do Centrão.

VEJA TAMBÉM – VÍDEO: Ciro Nogueira disse em 2018 que ficou triste com prisão de Lula

Apesar de ter conversado com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) longamente na tarde de segunda-feira (19), quando ele voltou ao Planalto depois da internação em São Paulo, o general da reserva não fazia a menor ideia de que seria demitido dois dias depois.

VEJA TAMBÉM – VÍDEO: Cotado para a Casa Civil, Ciro Nogueira chamou Bolsonaro de “fascista” e elogiou Lula

Considerado um dos mais leais colaboradores e amigos de Bolsonaro, Ramos disse que foi comunicado nesta quarta (21) por Bolsonaro sobre sua saída do comando da pasta para dar lugar a Ciro Nogueira.

VEJA TAMBÉM – “Dei o melhor de mim. Estou em choque”, diz general Ramos, trocado por líder do Centrão

No entanto, não foi informado de que irá para a Secretaria-Geral da Presidência, no lugar de Onyx Lorenzoni, como noticia a imprensa.

Com informações do Estadão.